Casos de Sucesso

Veja como as soluções da Lanlink ajudam as organizações a conduzir seus negócios com sucesso.

Com projeto de BI na nuvem, empresa otimiza gestão estratégica de
dados

aeris

Introdução

Fabricante de pás eólicas, Aeris deu primeiro passo da sua Jornada
Analítica com a Lanlink.

A todo instante, uma empresa de grande porte está gerando informações nos seus mais
variados setores. Uma estrutura tecnológica que possibilite a análise desses dados,
contribui para o crescimento do negócio e até reduz o risco de perdas financeiras que
poderiam vir a acontecer. Empresas como Aeris, fabricante nacional de pás eólicas, deu
um grande passo nesse sentido ao implantar o seu projeto de BI na nuvem com a
Lanlink.

A Aeris foi fundada em 2010, com o objetivo de se tornar uma referência no setor de
fabricação de pás eólicas. Até hoje, já fabricou mais de 9.500 pás eólicas. Está entre as
1000 maiores empresas do Brasil, entre as 100 mais sustentáveis e entre as 12
melhores para se trabalhar no Ceará pela GPTW.


Com esse porte, possuía vários sistemas e setores com seus respectivos BIs
independentes que requeriam ampliar a escalabilidade, a perenidade, a padronização,
a documentação e as regras para publicação. De acordo com Kleber Lavor,
Coordenador de Sistemas TIC da Aeris, diante deste cenário, compreendeu-se que um
projeto de BI na nuvem poderia ser o caminho para centralizar desenvolvimentos,
melhorar a padronização e sistemática de atualização, a partir dos primeiros BIs criados
na nova plataforma. Mas havia alguns desafios para a mudança do quadro.


“O principal desafio para Aeris era iniciar um projeto planejado de BI na nuvem sem
profissionais especialistas nesta nova ferramenta. Então, fomos ao mercado para a
implantação de um projeto de escopo fechado, onde também envolvia a capacitação do
nosso time interno. Naquele momento, era importante para Aeris, iniciar um projeto base
estruturado para que pudéssemos, com nossa própria equipe, seguir com futuros
projetos e desenvolvimentos”, explica o gestor.

Solução

A resposta da Lanlink para resolver o problema e gerar um repositório de dados único
seguro para ser disponibilizado para os setores estratégicos da Aeris foi criar um Data
Warehouse e 13 painéis no Power BI com base nos indicadores que a empresa possuía.

"A Lanlink nos mostrou que podíamos ter um projeto bem modelado, tecnicamente
assertivo no que precisávamos e financeiramente viável. Entendeu completamente
nossa necessidade e atuou com parceria desde a concepção do projeto até sua
conclusão. O objetivo do projeto foi completamente atendido, pois hoje temos um
volume de dados para BI em cloud, além de profissionais que conseguem manter o
ambiente e atuar em novas demandas de BI na Aeris", afirma Kleber Lavor.

Felipe Carvalho, Gerente de Contas da Lanlink, explica que, como a Aeris rodava scripts
diretamente no banco de produção, gerando planilhas que eram consumidas para
criação de relatórios, isso impedia que houvesse um maior desempenho e menores
riscos para a operação, o que causava uma baixa adoção dos usuários.

"Agora, os usuários podem ‘beber na mesma fonte’ e acessar os dados de maneira mais
simples, segura, otimizada, organizada e centralizada para gerar seus relatórios no
Power BI", afirma. A tecnologia permite, por exemplo, criar dashboards para os gestores
e analistas acompanharem valores e quantidades dos produtos/insumos que estão
sendo produzidos e vendidos pela Aeris.

Sérgio Ricardo Oliveira, Diretor da área de Business Transformation da Lanlink,
descreve como transformacional a iniciativa. “A Aeris definiu de forma acertada a
estratégia de ampliação da profissionalização das consultas de inteligência de negócio
demandadas pelas suas diversas áreas e a opção por um data warehouse na nuvem,
com segurança e sem impactar o desempenho dos sistemas internos para viabilizar
essas consultas.

Parabéns! Temos a convicção de que o caminho definido foi a melhor
decisão a ser tomada”, reconhece o diretor.

Vantagens

Com uma visualização mais assertiva do grande volume de dados gerados pela
empresa, os gestores têm diante de si uma ferramenta que os ajuda a antecipar riscos
e tomar decisões. Com a segurança e disponibilidade de dados que estão numa
estrutura em nuvem.


"Na prática, hoje temos um ambiente de BI na nuvem na qual podemos ter novos
projetos com outras áreas visando expandir a quantidade de informações estratégicas
em BI. Tudo isso, de maneira estruturada, automatizada e conectada com nosso
principal sistema", analisa Kleber Lavor.


Para Felipe Carvalho, a Aeris deu um passo importante no caminho da inovação. "A
Aeris, assim como a Lanlink, é uma empresa inovadora e esse foi o primeiro passo da
sua Jornada Analítica, que tende a evoluir até chegar em modelos cognitivos aplicados
à indústria 4.0", arremata. 

Publicado em

1 outubro, 2021

Lanlink 2019 © Todos os direitos reservados